Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Futebol: TJD inocenta Bagé de ausência no "BaGua da caxumba"

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Agora em São Gabriel, preço e qualidade no mesmo lugar - Posto JP Santa Lúcia

Chega de pagar caro na conta de luz - Vá de Ecotec Energy

La Belle - Para mulheres de bom gosto

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel Previna-se com o Fisk - Wash your hands

Ichthus Sabores - Seu mais novo delivery em São Gabriel

Promoção Urbano 60 anos - 1 milhão em prêmios

Compre no Comércio local - Uma campanha CDL e ACI São Gabriel

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Apoie a economia de sua região, compre no seu comércio! Uma lembrança Sicredi Pampa Gaúcho

Studio H de Mana, em novo endereço

Chiabotto Lanches - a nova opção de lanches para a comunidade gabrielense

Futebol: TJD inocenta Bagé de ausência no "BaGua da caxumba"

Bagé (e) foi absolvido de ausência do clássico pelo TJD, por causa de surto de caxumba. Clássicos com o Guarany será remarcado (foto divulgação/CC Corretora de Seguros)
O Tribunal de Justiça Desportiva do Estado tomou uma decisão sensata na tarde desta terça (28) em relação ao clássico BaGua (Bagé x Guarany) que ficou conhecido como "clássico da caxumba" porque a maior parte dos atletas do Bagé - dezesseis deles - pegaram caxumba. O pleno do Tribunal inocentou o jalde-negro bageense no caso por entender que o time não teve culpa nos desfalques e determinou uma nova data para a realização do jogo.



A cidade teve um surto da doença e no dia do jogo, que estava marcado para 19 de junho, só o Guarany compareceu no Estádio Antônio Magalhães Rossell (Estrela D'Alva) e a arbitragem esperou 30 minutos. O Bagé tinha informado no dia anterior que tinha sido desfalcado pelo surto de caxumba e que não teria condições de jogar pela situação anormal que tinha ocorrido.  Contra ninguém, o goleiro Fernando Costa marcou o gol, que para o clube configura a vitória por WO.


A decisão de não adiar o jogo gerou críticas de jalde-negros e até mesmo de torcedores do Guarany - o alvirrubro alegou que o jalde-negro não quis emprestar o Estádio da Pedra Moura enquanto o Estrela D'Alva estava em adequações para ser liberado pelos Bombeiros. A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) adiou o BaGua do returno que ocorreria no Pedra Moura por conta que o Bagé não teria os atletas em condições. Com isso, uma nova data será marcada para o clássico acontecer na casa alvirrubra, assim como na casa jalde-negra. Prevaleceu o bom senso por parte do TJD.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 28/06/2016 21h58
Contato: (55) 3232-3766 / 96045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: