Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Inverno Peruzzo - Desfrute com todos os sentidos

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Inverno Peruzzo - Desfrute com todos os sentidos

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

19 maio 2016

Estudantes da Unipampa levam às ruas inconformidades com cortes na educação

Alunos saíram em caminhada da Sede Administrativa da Unipampa São Gabriel, protestando contra os cortes no orçamento da instituição
Os acadêmicos do Campus São Gabriel da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) seguiram a mobilização em protesto contra os cortes no orçamento da educação que vem se agravando nos últimos meses. Após aulas públicas e reuniões no Campus Universitário, a mobilização foi para as ruas do Centro da cidade nesta quinta-feira (19), onde cerca de 300 estudantes fizeram uma passeata em protesto.



A concentração foi na Sede Administrativa, situada na Avenida Antônio Trilha, onde foram colocados cartazes de protesto e bandeiras pretas. Logo após, os alunos e professores percorreram as principais ruas do Centro com manifestos, cartazes de protesto e entregando panfletos explicando a situação da Universidade.

O orçamento da Unipampa teve uma redução de 44% nos últimos tempos, sendo que 50% dos recursos na contratação dos servidores terceirizados - manutenção, limpeza, transporte e segurança são as principais áreas afetadas - foram cortados, além do pagamento de serviços essenciais que estaria comprometido, como água e energia elétrica.


A mobilização que ainda tem a ocupação do Campus local prossegue até esta sexta-feira, 20 de maio. Esta movimentação está se expandindo para outros campus - Caçapava do Sul também se mobiliza e Alegrete aprovou também paralisação das atividades.

Os cortes orçamentários podem ter sido resultantes das chamadas "pedaladas fiscais" que motivaram o afastamento da presidente Dilma Rousseff, mas os protestos não tem teor político. Confira algumas imagens do protesto:














Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 19/05/2016 19h13 
Contato: (55) 3232-3766 / 96045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
2 comentários via Blogger
comentários via Facebook

2 comentários:

  1. Nossa mobilização não tem nenhuma conotação política partidária, e não afirmamos que os cortes são consequências de alguma questão orçamentária de qualquer governo. Esta afirmação é por conta exclusivamente do redator da notícia.

    Jefferson Marçal da Rocha
    Professor da Unipampa
    Direção da Sesunipampa - Seção sindical da Unipampa.

    ResponderExcluir
  2. Claro, em algum momento citamos isso de que o movimento seria partidário, o que não procede. Mas para esclarecer que esta situação não é nova, e que não é de hoje, pelas informações que temos.

    ResponderExcluir

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.