Vem para o Natal da Tottal Casa & Conforto

Vem aí o Reveillon Gaudério no CTG Querência Xucra, com animação de Os Serranos, 29 de dezembro

Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Confira os novos cursos na Unopar São Gabriel

Colabore para uma cidade limpa - Jogue Limpo com a sua Cidade

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Rádio RBC FM - A emissora da comunidade

Chega de pagar caro na sua conta de luz. Ecotec Energy

Vem aí a Festa de Natal do EC Real, em 19 de dezembro

Caminhoneiros e Bunge vivenciam impasse em São Gabriel

Caminhoneiros reclamam que empresa estaria atrasando descarregamentos. Empresa diz que eles é que não quiseram entrar
Um protesto chamou a atenção da comunidade nesta quarta-feira (11). Caminhoneiros e a empresa Bunge, situada na Avenida Francisco Chagas, vivenciam um impasse sobre o recebimento de soja na unidade local, em uma situação inédita em São Gabriel. Os motoristas reclamam que estão esperando desde sexta-feira, 6 de maio, para fazer a entrega na empresa, por causa de problemas de estrutura e que com isso, estão ali há dias. A empresa, por sua vez, disse que eles não tem vínculo com ela e que eles é que não decidiram entrar.


Os caminhões estão no aguardo do descarregamento da soja, mas que isso deveria ocorrer em no máximo cinco horas para cada veículo. O presidente da Associação Nacional dos Caminhoneiros e Ferroviários (ANCAFE), Rafael Santana, explicou a situação. Ele disse que uma das peças do terminal tinha quebrado e com isso, só ficou pronta na segunda à tarde, fazendo com que os caminhoneiros tivessem que ficar o final de semana esperando e sem acesso ao pátio interno da empresa, para ter mais segurança. "O pessoal deveria receber direitos pela espera, mas a empresa disse que eles façam o descarregamento e procurem o direito depois", afirmou o dirigente sindical.

Fila de caminhões que aguardam para o descarregamento acumula desde sexta-feira
Alguns dos caminhoneiros reclamaram também que a empresa com isso, fechou os portões no final de semana, impossibilitando os profissionais de utilizar o banheiro para fazer suas necessidades de higiene. Eles também reclamam das péssimas condições das estradas do interior de São Gabriel, o que aumenta o tempo de deslocamento até a sede do município. "Essa não é uma luta só nossa, mas também dos produtores que colaboram para a economia local e passam por isso", disse um dos motoristas. A preocupação é também com o espaço ocupado na rua, que gera transtornos para moradores da região.

O que diz a empresa?
A assessoria de imprensa da Bunge, por meio da jornalista Aline Brandi, entrou em contato conosco há instantes e enviou o seguinte comunicado à redação, com o posicionamento oficial da empresa. Esperamos que o impasse se resolva.

Com relação à reivindicação dos caminhoneiros parados em frente à nossa unidade em São Gabriel, informamos que todos eles foram contratados pelos produtores rurais para entregar a carga na empresa, ou seja, eles não tem vínculo com a Bunge e, sim, com os produtores. 

Ressaltamos que a empresa não atrasou o recebimento das cargas, foram os caminhoneiros que decidiram não entrar, e está à disposição para iniciar o descarregamento imediatamente e resolver esse impasse. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 11/05/2016 16h04 
Contato: (55) 3232-3766 / 96045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: