Desfrute de um espetinho gostoso na Mas Bah Tchê Churrasquinho Gourmet em São Gabriel!

Vem conferir a Big Economia em São Gabriel!

Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Conforto que cabe no bolso - Íbis Budget Porto Alegre

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Inscrições abertas para o Fundo Social Sicredi, participe!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

Gráfica F1 - Comunicação Visual e Gráfica Offset com qualidade e bom preço!

30 maio 2016

Coletivo feminista fará protesto contra a "cultura do estupro"

Mulheres de um coletivo feminista farão um protesto na próxima quarta-feira (1º) para protestar contra a "cultura do estupro", motivado por vários casos no país. Segundo informações à reportagem, o protesto sairá da Sede Administrativa da Universidade (Avenida Antônio Trilha, em frente ao Estádio Municipal Sílvio de Faria Corrêa), a partir das 17 horas e será promovido pelo Coletivo Feminista Guapas, formado na universidade mas que conta com participação de várias mulheres da comunidade.


Após, uma caminhada será realizada até a Praça, onde um ato será realizado pelos estudantes, protestando contra a violência sexual e abusos contra às mulheres. Mobilizações neste sentido tem aumentado nos últimos dias no país, também alertando para os casos de estupro no Brasil.

Nos últimos dias, movimentos sociais tem debatido que é preciso dar fim à chamada "cultura do estupro", onde se atribui isso, segundo eles, à desigualdade entre os gêneros e que tem gerado várias discussões.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 30/05/2016 23h31 
Contato: (55) 3232-3766 / 96045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.