Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Gabrielenses protestam e comemoram aprovação de impeachment de Dilma

173 anos de São Gabriel - comemore com a gente

Vem aí a 2ª edição do Feirão de Fraldas da Drogaria Cidade, 29 de março em todas as filiais

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

19 de janeiro, Vestibular Unopar 2019. Inscreva-se!

Jogue Limpo com a sua Cidade - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Gabrielenses protestam e comemoram aprovação de impeachment de Dilma

Em São Gabriel, um dos protestos foi realizado no domingo, à espera da votação pelo impeachment
Neste domingo (17) São Gabriel acompanhou os protestos e a votação do impeachment de Dilma Rousseff (PT). As atividades começaram com uma caminhada que reuniu cerca de 100 pessoas que saíram da Praça Carlos Pereira para ir até o Centro da cidade, com bandeiras do Brasil, faixas e gritos contra a presidente.

O movimento Vem Pra Rua organizou a mobilização. Um telão foi colocado na Praça para que logo mais à noite, os presentes pudessem acompanhar a votação do processo de impeachment pela Câmara dos Deputados, em Brasília. Próximo das 23 horas, foguetes começaram a ser soltos à medida que a votação se aproximava do número limite para autorizar a abertura do processo. Após o "sim" do deputado Bruno Araújo no 342º voto, buzinaços e foguetório foram ouvidos no Centro e bairros.

Defensores do Governo Dilma também protestaram, mas no sábado (16). CCs da Prefeitura, partidários do PT e vários integrantes do MST participaram de um ato que ocorreu na Praça Ecológica, com pouca gente também. Mas o movimento pró-impeachment acabou vitorioso em São Gabriel. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 18/04/2016 12h46
Contato: (55) 3232-3766 / 96045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: