Vem aí o Black Friday da Grazziotin

Vem para o 2º Trilhão de São Gabriel - 24 e 25 de novembro

A partir de segunda-feira, 12 de novembro, LaborCito com filial!

Colégio Perpétuo Socorro - matrículas abertas a partir de 19 de novembro

Vem pro Cortinaço da Tottal Casa & Conforto

Vestibular de Verão da Urcamp - CLIQUE AQUI PARA FAZER SUA INSCRIÇÃO

Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Vestibular EAD da Unopar, provas agendadas, inscreva-se já

Colabore para uma cidade limpa - Jogue Limpo com a sua Cidade

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Oficina de Costura

Rádio RBC FM - A emissora da comunidade

Chega de pagar caro na sua conta de luz. Ecotec Energy

Vereadores denunciam abandono de obras na comunidade

Vereadores Marcos MEC, Caio e Sildo falaram do abandono de obras pela Prefeitura
Um dos principais assuntos das sessões plenárias desta semana da Câmara de Vereadores, realizadas na segunda e terça-feira, 28 e 29 de março, foi a questão de que obras que estavam sendo realizadas pelo Executivo Municipal estão abandonadas e até tendo furto de materiais utilizados nas mesmas. É o exemplo da Escola Municipal que está sendo construída no Bairro Santa Izabel, de acordo com o vereador Marcos MEC (PSDB).



O parlamentar relata que moradores do bairro vieram até o gabinete e denunciaram que materiais da obra estariam sendo furtados. "Além das obras andarem em lentidão absurda, materiais estão sendo retirados da obra diariamente", lamentou Marcos. Ele também informou que as ruas do Bairro estão intransitáveis devido às últimas chuvas e que a situação se estende as demais obras que estão ocorrendo na cidade, de abandono.

"Várias praças estão sem manutenção, em estado deplorável. As quadras de esporte mesmo, em todas as praças estão caindo aos pedaços, é só ir olhar e verificar. E ainda vem o Secretário dizer que São Gabriel “é um canteiro de obras", concluiu. Os vereadores Sildo Cabreira (PDT) e Caio Rocha (PP) complementaram as manifestações do parlamentar.


"As praças estão abandonadas há três anos. A Praça Central por exemplo, retiraram os brinquedos e anunciaram reformas, mas nada foi feito. O banheiro, um absurdo. E a Rodoviária, que ficou mais de dois anos sem cobertura, recebeu as telhas mas agora elas estão lá fazem três meses, sem colocação", reclamou Caio. Os vereadores tem constantemente feito pedidos para que sejam tomadas providências pelo Executivo.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 31/03/2016 13h00 
Contato: (55) 3232-3766 / 96045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: