Desfrute de um espetinho gostoso na Mas Bah Tchê Churrasquinho Gourmet em São Gabriel!

Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Conforto que cabe no bolso - Íbis Budget Porto Alegre

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Conheça todos os benefícios do Seguro de Vida Sicredi Essência!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

Gráfica F1 - Comunicação Visual e Gráfica Offset com qualidade e bom preço!

25 junho 2014

Audiência Pública sobre situação das estradas termina sem solução por parte da Prefeitura

Na tarde desta quarta-feira (25), o Sindicato Rural de São Gabriel realizou uma Audiência Pública sobre a situação das estradas do interior do município, com a presença da Prefeitura. O encontro foi motivado por críticas do vereador Cilon Lisoski (PR) - que inclusive foi convidado à audiência e não compareceu; a assessoria o representaria, mas não veio por motivos de força maior - à atuação da entidade. As reclamações foram muitas por parte dos produtores, e o Executivo não apresentou uma solução para a questão. O Prefeito Roque Montagner mais uma vez pediu paciência, o que os produtores não tem mais há tempo. 


A audiência foi aberta pelo Presidente do Sindicato, Tarso Teixeira, que expressou de forma clara seu descontentamento com a opinião do vereador Cilon - que chegou a ameaçar processar órgãos de imprensa que divulgaram a pauta enviada pelo Sindicato Rural. "Nós defendemos o associado, independente de política e governos, e sabemos que as estradas estão em um estado calamitoso. O agronegócio em São Gabriel colabora com a economia, é importante, e as estradas fazem parte disso. O que não admitimos é que o vereador não conheça o trabalho que realizamos. O senhor que nos respeite, se tem algo contra o presidente, que fale a nós", desabafou, em uma das mais fortes manifestações já vistas.

Os produtores relataram os problemas enfrentados pelas más condições das estradas, o que aumenta o tempo de deslocamento da safra e está causando prejuízos. O engenheiro Ricardo Bragança sugeriu que sejam construídas estruturas para que os funcionários da Secretaria possam ter um lugar para pouso e almoço, sem ter que deslocar de volta à cidade, assim como estudo técnico para ações definitivas. Ele citou que a única vez em que foram realizadas obras para construção de estradas foi em 1983, quando era Secretário de Obras e teve a parceria da Cintea.

O Presidente da Associação dos Arrozeiros, Paulo Lederes, salientou que em 40 anos, as estradas mudaram e havia uma quantidade de equipamentos que permitia sua manutenção, questionando o porque isso não é mais possível. "Tem tantos deputados que trazem recursos para várias áreas, por que não trazer equipamentos para recuperar as estradas do município?", dizendo ainda que mesmo com o Secretário Éder Strider Barbosa afirmando que chega na sede da pasta às 5h, as equipes só chegam ao interior as 9h e voltam à cidade para almoço, perdendo tempo com isso.

O Secretário de Transportes salientou que está sendo feito um trabalho de base, e que precisa da "ajuda de vocês, produtores", frisou. "As parcerias serão tudo para que possamos fazer um bom trabalho", sintetizou. O Prefeito Roque mais uma vez disse que "recebeu o município em uma situação difícil" e pediu "paciência" aos produtores rurais. "Estarão chegando mais máquinas (...) não desconhecemos que a trafegabilidade aumentou, mas pedimos paciência". Ele ainda disse que quem quisesse ajudar, "que havia um cargo de coordenador à disposição", falando que há falta de pedras a ponto de buscar esse material em Vila Nova do Sul. E o prefeito contestou afirmações dos produtores além de alegar somente dificuldades, o que "evaporou" o pouco de paciência existente no público presente.

O produtor Sérgio Giuliani afirmou que a Prefeitura tem que prever o que irá acontecer, e que tem que tomar medidas para evitar que os produtores sejam mais penalizados do que são. "Uma carga leva 3h30 para ser transportada, e em dias de má condição das estradas como por exemplo de mau tempo, até 7h para fazer este percurso", relatando que os produtores estão tendo sérios problemas para escoar a safra, comprometendo a economia do município. O vereador Paulo Sérgio Barros (PDT) conversou com os motoristas do transporte coletivo para o interior, e 90% deles afirmou que as estradas estão em situação péssima. Um momento de tensão foi a discussão do Prefeito Roque com produtores, insatisfeitos com a falta de alternativas para o problema.

A reunião terminou sem uma solução por parte do Executivo, que se comprometeu a acompanhar os pleitos do produtores. Uma nova reunião deverá acontecer daqui a 30 dias. Mas mesmo assim, expôs a fragilidade da Prefeitura em resolver a questão das estradas.


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.