30ª Fenadoce - Garanta seu ingresso

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Inverno Peruzzo - Desfrute com todos os sentidos

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

30ª Fenadoce - Garanta seu ingresso

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Inverno Peruzzo - Desfrute com todos os sentidos

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

08 junho 2013

Servidores municipais querem o reajuste. Dia 12 será decisivo para a categoria

Servidores públicos lotaram Assembleia que pede reajustes no salário do funcionalismo municipal
Em um comparecimento recorde na noite de sexta-feira (7), os servidores municipais lotaram a Câmara de Vereadores para a Assembleia Extraordinária convocada pelo Sindicato dos Servidores Municipais de São Gabriel, onde o clima ficou "quente". O funcionalismo quer o reajuste do salário e do vale-alimentação, assim como o Plano de Carreira. Se o Executivo não apresentar proposta no dia 12, data marcada para a audiência do Prefeito Roque Montagner com a direção do Sindicato, a categoria pode entrar em estado de greve.


O Sindicato pede reajuste de 7,16% no salário, mais R$ 12 diários no vale-alimentação, o que totalizaria R$ 250, além de definições claras sobre o Plano de Carreira, que está defasado. "Os colegas estão preocupados com essa defasagem que vem se acumulando há anos, e queremos uma resposta do Executivo, apenas isso", frisou Lédi.

Sobre perseguições, o presidente da FESISMERS, Fabiano Brito, alertou que os servidores denunciem os casos ao Ministério Público
A Assembleia também teve polêmicas. Os servidores são unânimes em querer a greve, caso a Prefeitura não apresente proposta na reunião marcada para a quarta-feira, dia 12 de junho. Além disso, vários servidores municipais denunciaram que estão sendo perseguidos politicamente. O presidente da Federação dos Servidores Municipais do RS, João Fabiano da Costa Brito, presente à Assembleia, salientou que estes devem procurar o Ministério Público para fazer denúncia na lei do assédio moral. "O prefeito de Rosário, Glei Cabreira Menezes, foi afastado oito meses do cargo. E se ocorrem cargos deste tipo, tem que serem denunciados, dá certo, sim", afirmou.

Ele ainda sugeriu também que seja formada uma comissão para que se elabore um plano de carreira. "A Assessoria Jurídica da Federação está à disposição, este trabalho está sendo feito em vários municípios, para isso", concluiu. Na ocasião, foi formada também uma comissão para debater o plano de carreira, com sete servidores. A Assembleia foi suspensa e será retomada na quarta-feira, às 17h30, na Câmara de Vereadores, com a definição do que pode ocorrer após a audiência com o Prefeito Roque.

Confira entrevista com a presidente do Sindicato, Lédi Waltermann, dada à reportagem do Caderno7.



1 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Um comentário:

  1. E agora Prefeito? Surge o 1º grande problema a ser resolvido. Vamos ver quais serão as atitudes do "Partido dos Trabalhadores" Os Servidores querem uma resposta positiva. Que pelo menos a sigla que defende quem trabalha seja coerente e dê solução a uma defasagem histórica. Quando os Cc'S são aumentados lá ficam os estatutários, com salários básicos abaixo do mínimo. E segue a filha dos eternos carregadores de piano. Até quando?

    ResponderExcluir

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.