Desfrute de um espetinho gostoso na Mas Bah Tchê Churrasquinho Gourmet em São Gabriel!

Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Conforto que cabe no bolso - Íbis Budget Porto Alegre

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Conheça todos os benefícios do Seguro de Vida Sicredi Essência!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

Gráfica F1 - Comunicação Visual e Gráfica Offset com qualidade e bom preço!

18 junho 2013

Polêmica: arbitragem gabrielense é excluída da Primeira Divisão de Futsal

Na próxima sexta-feira (21), começa o Citadino da Primeira Divisão de Futsal de São Gabriel. Mas uma polêmica já permeia o começo do campeonato. A Associação Gabrielense de Arbitragem (ASGA), anunciou que foi excluída da arbitragem dos jogos pela Prefeitura, que será feita pelo SESC de Livramento, em decisão considerada absurda. É o que protestou o Presidente da entidade, Luciano Corrêa dos Santos.


A entidade tinha tudo acertado com a Secretaria de Turismo, em reunião com a Secretária Denise Lisoski e o assessor Jovani Cezar, com tudo definido, inclusive os valores. "Mas no dia seguinte, tivemos esta surpresa, onde alegaram que a ASGA devia R$ 399. Mas era só ter nos chamado que iríamos pagar. Fizeram tudo sem avisar a gente, aí é perseguição", frisou.

Ele ainda informou que na gestão anterior, o então assessor da Secretaria de Turismo, Gilson Santos, fez o levantamento e o preço era R$ 5 mil mais caro. "O problema é só com a Prefeitura, por que com a Liga Gabrielense de Futsal, está tudo certo. O governo falou em valorizar os talentos da terra, mas que valorização é essa que contrata pessoal de fora que recebe o dinheiro e leva ele embora?", questionou, chateado.

Luciano acredita que a decisão teria motivos políticos. "Tem muitos integrantes da ASGA que são filiados do PDT, eu digo sem medo e sem temer, é retaliação e perseguição política, sim", finalizou. Mais uma polêmica no ar.

* Se a Secretaria de Turismo quiser se manifestar, o espaço está aberto.

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.