Desfrute de um espetinho gostoso na Mas Bah Tchê Churrasquinho Gourmet em São Gabriel!

Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Conforto que cabe no bolso - Íbis Budget Porto Alegre

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Conheça todos os benefícios do Seguro de Vida Sicredi Essência!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

Gráfica F1 - Comunicação Visual e Gráfica Offset com qualidade e bom preço!

01 junho 2013

Faltam dois dias para o 28º Seminário Cooplantio

Seminário Cooplantio, em sua 28ª edição, começa nesta segunda em Gramado
A safra de soja foi recorde este ano, com mais de 12 milhões de toneladas colhidas. Nesse ambiente, será realizado o 28º Seminário Cooplantio, que ocorre de 3 a 5 de junho, no Centro de Convenções do Hotel Serrano, em Gramado, na Serra gaúcha. Consagrado como um dos principais encontros de conhecimento e atualização técnica do agronegócio brasileiro, é um evento que reúne toda a família para o debate e o intercâmbio de informações e experiências entre produtores líderes e, mesmo a uma semana do seu início, o número total de inscritos já ultrapassa o da edição de 2012. São Gabriel terá 72 produtores participantes no Seminário, de acordo com informações do gestor de negócios, Marcelo Caggiani.


“Participo de eventos sobre a agricultura em todo o Brasil e este é o único em que participam também as esposas e os filhos de produtores”, afirma o engenheiro agrônomo Daltro Benvenuti, presidente da Cooperativa dos Agricultores de Plantio Direto – Cooplantio. “Cerca de 60% do público presente já veio mais de uma vez para o evento e volta porque sabe que irá encontrar as pessoas com as quais ele trocou ideias em outras edições.”

Com o tema “Inovação no agronegócio para produzir mais é melhor”, esta 28ª edição inova ainda mais ao inserir a tecnologia a favor do debate e da interação com o público que não pode estar presente fisicamente ao evento. Com transmissão direta pelo site Safras & Mercado – www.safras.com.br –, o Seminário Cooplantio possibilita que, mesmo distantes, as pessoas possam acompanhar as discussões em tempo real e enviar seus comentários e dúvidas pela internet.

A programação inicia às 14h de segunda-feira, dia 03, com o debate “Economia, Tendências e a Agricultura do Sul do Brasil”, do qual participam o engenheiro agrônomo Alexandre Barros, para falar sobre “Câmbio, preços tendências, commodities”, o diretor-superintendente do Porto de Rio Grande Dirceu Lopes, que aborda “Logística para grãos”, e o economista Marcelo Portugal, com o tema “Insumos, mercado e tendências”. A abertura oficial do evento acontece logo depois, às 16h30. E, para fechar com chave de ouro, Renato Pereira, especialista na utilização do bom humor no marketing de negócios e relação inter e intra pessoal, apresenta sua palestra “Como transformar a compra em renda”.

Entre os destaques do segundo dia de programação, foco nas mulheres, cada vez mais presentes na gestão da empresa rural. A mesa redonda “A Mulher na Agricultura Atual e o Futuro” convida para o debate, intermediado pela jornalista Tânia Carvalho, a engenheira agrônoma e produtora rural da Sementes Falcão, de Passo Fundo (RS), Fernanda Falcão; a produtora rural da Agropecuária Pontal, de Santa Vitória do Palmar (RS), Helena Schmidt; e a engenheira agrônoma e produtora rural da Fazenda Ereporã, de Erechim (RS), Renata Arioli. Outros assuntos em pauta são “Evolução nos Custos e nos Resultados da Produção: Soja, Milho, Trigo e Arroz”, “Nutrição de Plantas e Manejo de Solos” e “Inovações no Manejo de Pragas, Doenças e Plantas Daninhas”.

O terceiro e último dia de evento conta com um dos temas de maior destaque desta 28ª edição: “Inovação na Gestão das Empresas Rurais Familiares: Família, Patrimônio e Negócio”, que será tratado pelo engenheiro agrônomo Cilotér Iribarrem, consultor da empresa Safras & Cifras. Também é dia de falar sobre “Inovação, Visão e Futuro do Agronegócio” com o gestor de Marketing e Serviços da Cooplantio.

A palestra de Dirceu Gassen tem por objetivo amarrar todas essas questões que serão debatidas ao longo dos três dias de evento. Para encerrar, o advogado, jornalista e professor universitário Clóvis de Barros Filho faz sua palestra motivacional sobre “A Vida que Vale a Pena Ser Vivida”. Mais informações e inscrições pelo site www.seminario.cooplantio.com.br.

Palestra sobre “Inovação, Visão e Futuro do Agronegócio” amarra as principais questões debatidas durante o 28º Seminário Cooplantio

As atividades da agricultura com a presença de jovens e da mulher na gestão da lavoura, a sucessão familiar, o avanço tecnológico das máquinas agrícolas, as novas pragas e lavouras de alta rentabilidade são alguns dos temas que estarão em destaque durante o 28º Seminário Cooplantio. E para amarrar todas essas questões que serão debatidas ao longo dos três dias de evento, o engenheiro agrônomo Dirceu Gassen, gestor de Marketing e Serviços da Cooperativa dos Agricultores de Plantio Direto – Cooplantio, fará sua palestra “Inovação, Visão e Futuro do Agronegócio” no dia 5 de junho, às 9h20.

Segundo Gassen, a ideia é tratar sobre a evolução da agricultura para os próximos dez anos, incluindo as projeções para o arroz, a soja, o milho e o trigo, com base nos avanços obtidos nos últimos 20 anos. “A agricultura do futuro será mais produtiva, com significativa evolução em tecnologias e demanda por gestores jovens e empreendedores”, afirma o engenheiro agrônomo. “É plenamente possível atingirmos as metas de produção se estivermos cientes das nossas responsabilidades e compromissos no uso eficiente dos recursos naturais. É nosso dever produzir alimentos de qualidade com responsabilidade ambiental.”

Gassen lembra ainda que a Comunidade Europeia exigirá a rastreabilidade certificada de grãos, como já faz com as carnes. “Precisamos nos adaptar às demandas, com registros da semeadura, do solo, da atividade biológica, dos agroquímicos utilizados, da sanidade das plantas e da qualidade do alimento produzido”, destaca. Os principais gargalos do setor – necessidade de mais ciência na lavoura e falta de recursos humanos qualificados, infraestrutura e logística – também serão discutidos na ocasião. A 28ª edição do Seminário Cooplantio acontece de 3 a 5 de junho no Centro de Convenções do Hotel Serrano, em Gramado, na Serra gaúcha. Mais informações pelo site www.seminario.cooplantio.com.br.

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.