Desfrute de um espetinho gostoso na Mas Bah Tchê Churrasquinho Gourmet em São Gabriel!

Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Conforto que cabe no bolso - Íbis Budget Porto Alegre

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Conheça todos os benefícios do Seguro de Vida Sicredi Essência!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

Gráfica F1 - Comunicação Visual e Gráfica Offset com qualidade e bom preço!

02 maio 2013

Sentiu o cutuco?

Juarez Trindade
Colunista do blog

DE FAKES E DE PROMESSAS JÁ ESTAMOS CHEIOS
1. Uma das medidas do quanto as opiniões que a gente exara por aqui incomodam é diretamente proporcional ao número de ataques pessoais recebidos. Sim, pessoais! A falta de argumentos para o bom debate acerca das colocações lançadas conduz ao escancaramento da mediocridade, da ignorância e da incompetência. Uns, que se dão a conhecer, realmente me fazem bem. Afinal, muito me honra estar em lado diferente de certas pessoas e faço absoluta questão disso. Mas esses, pelo menos, assinam os impropérios e as tentativas de patrulhamento ideológico via “canelaços”.


2. O que é simplesmente ridículo se resume à praga importada do Orkut – nem assim são originais: os fakes, os perfis falsos, os que se escondem, no mais das vezes para lançar ataques covardes e vis, destilando toda a sua baixaria e impotência, contra quem os desagrade ou, pior, no exercício da bajulação de algum chefete de ocasião. E eles se acham a suprema maravilha! Na verdade nem se dão conta do quão patéticos, sabujos, escória da rede são – ou se prestam a esse papel – em nome de um empreguinho ou de uma posição.

3. Por que não atuar às claras? Por absoluta falta de condições, ora! Preferem ser pau-mandado de outros, meros estafetas condutores do ódio e da velhacaria alheia! E se soubessem como é simples sabermos quem são... Nada resiste ao netstat –n no prompt. Já cansei de rejeitar pedidos de amizade de fakes. Mas antes listo seus IPs. Simples.

4. Mudando de assunto – não tanto – quando é que o Lula vai responder e esclarecer sobre a sua “primeira amiga”, a tal Rosemery? Já faz uns 5 meses que o ex-presidente silencia e não esclarece o que era aquilo enquistado no escritório da presidência em São Paulo, deitando e rolando, bem assim viajando com o chefe pelo mundo todo. Isso é que se chama de silêncio ensurdecedor. Lula, definitivamente, calou porque sentiu o cutuco. Mas um dia, sem jornalista amestrado ou plateia idem na volta, vai ter de falar.

5. Essa proposta do Legislativo de querer submeter as decisões do STF ao crivo dos parlamentares, antes de fazer efeito, é uma gracinha, como diria a finada Hebe! Imaginem o seguinte: (1) a Câmara vota um projeto de lei e (2) o Executivo veta por entender inconstitucional e devolve à Câmara que, por sua vez, (3) derruba o veto e promulga a Lei; o Executivo (4) entra com uma ADIN (Acão Direta de Inconstitucionalidade) no STF, contra essa Lei; o STF (5) declara a inconstitucionalidade. E aqui a coisa termina, como é hoje. Mas o Legislativo quer o (6): que ele diga se a posição do STF pela inconstitucionalidade vale ou não! Ou seja, exercer um poder finalístico sobre a prerrogativa de outro e, pior, valer-se disso para, na prática, sobrepor o seu julgamento ao do Executivo e ao do Judiciário! Olha, acho que nem os bolivarianos vizinhos aqui pensaram num disparate tão absurdo como esse!

6. Roque foi a Brasília e disse – segundo li num blog alinhado – que várias emendas para São Gabriel foram encaminhadas junto a parlamentares. Primeiro seria bom a população ficar informada como isso funciona para não alimentar falsas esperanças. O caminho de uma emenda parlamentar é tortuoso, difícil e sujeito a muitas intempéries. As emendas de bancada, a gaúcha, são também sujeitas a esses óbices, em menor grau. Conviria aguardarmos o orçamento da União e vermos o que, efetivamente, vai constar. Aí vamos ao que interessa, que é viabiliza-las e não deixar que morram ou fiquem só nas intenções.

7. O interessante é que, descontando Beto Albuquerque (5023) e Paulo Pimenta (2235), os demais deputados federais procurados por Roque - segundo a notícia acima citada -, não fizeram muitos votos na eleição de 2010 em São Gabriel. Dionilson Marcon obteve 151 votos e Wilson Covatti, 798. Mas o que causou espécie foi o endeusamento de Paulo Ferreira, inclusive com o convite para ser padrinho do projeto Sepé! Com os seus 327 votos obtidos na terra não me parece seja para tanto; aliás, ficou na suplência na eleição e exerce o mandato em razão dos deputados Pepe e Rosário estarem Ministros de Dilma.

8. Por fim, também me parece que o esforço de um deputado federal por uma emenda para uma cidade é diretamente proporcional ao número de votos nela conquistado na eleição anterior (ou seja, nas suas “bases” naturais). Barbas de molho e marcação de cima – é o que se recomenda sugerir ao alcaide e seus prepostos - , preferencialmente sem deslumbramentos. Sentiram o cutuco?

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.