Desfrute de um espetinho gostoso na Mas Bah Tchê Churrasquinho Gourmet em São Gabriel!

Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Conforto que cabe no bolso - Íbis Budget Porto Alegre

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Conheça todos os benefícios do Seguro de Vida Sicredi Essência!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

Gráfica F1 - Comunicação Visual e Gráfica Offset com qualidade e bom preço!

18 abril 2013

Sentiu o cutuco?

Juarez Trindade
Colunista do blog

ESPERTEZAS, CHORADEIRAS E CERTEZAS
1. Pois o Brasil, realmente, tem muito pouco de seriedade! Se não conseguimos controlar a inflação, praticamos os expurgos, lição aprendida desde Delfin Neto e seu famoso vilão inflacionário, o chuchu! Se a economia não consegue evoluir no ritmo dos países emergentes, manipula-se os índices para demonstrar firmeza!

2.Mas eu nunca tinha visto um governo eleito pelo povo – ditadores, sim - mover tabelas para produzir indivíduos socialmente elevados! Pasmem! No Brasil, desde o primeiro semestre de 2012, um MISERÁVEL é o que ganha de zero a R$ 70,00(!), um POBRE de 71 a R$ 250,00, começando a CLASSE MÉDIA em 251 e encerrando nos R$ 850,00!  Acima de R$ 850,00, meus amigos, são os RICOS! Sim, não é piada!  É essa a pirâmide social no Brasil e sua conceituação! Esse é o país que tem mais de 12 milhões de analfabetos e quase 35 milhões de analfabetos funcionais (os que só escrevem o próprio nome).  O pior é que nem essa saída da miséria é solidamente factual, uma vez que é contaminada pela Bolsa Família!



Pois é, inauguramos a era dos ascendentes sociais gráficos…

3. E um governo que comemora, por suas lideranças, o aumento de repasses ao Bolsa-Família, realmente não sabe o que está  fazendo! Deveria é lamentar, pois se a esmola está crescendo é porque o governo não está encontrando soluções para encaminhar essas pessoas ao mercado de trabalho. Mas sabem, ah!, como ninguém, faturar politicamente esse desastre como se fosse algo decorrente de competência e boa política sócio-econômica, quando se trata, na realidade, de assistencialismo puro, barato e eleitoreiro! E essa conta nós vamos pagar, logo ali…

4. Mas os novos governantes de São Gabriel são muito engraçados…! O PT nunca deu NENHUM DIA de folga ou de trégua a governo estranho a ele! Agora se queixam, quando cobrados, que recém chegaram ao poder! E em sua defesa secretários estressadinhos postam desabafos nas redes sociais, dizendo que trabalham e muito! Ora, foram designados para isso, que me conste: trabalhar! E estão sendo pagos, não é? E nenhum está ali obrigado a estar, correto? Então, o povo que lhes paga tem todo o direito de reclamar quando entender falha ou inexistente a ação do poder público municipal, sem precisar ofender o titular ou os servidores, claro. Ademais disso, é obrigação dos agentes políticos conviver com as críticas e com as reclamações,  delas fazendo um aprendizado de tolerância e de aprimoramento das suas relações com a comunidade. Se um secretário municipal não consegue esse mínimo, que peça pra sair.

Só em ditaduras o povo não pode reclamar.

5. Aqui em Capão da Canoa, bom que se diga, o prefeito Valdomiro, sabiamente, cercou-se de um verdadeiro cinturão de “cascudos e cascudas”, quando montou seu secretariado. Pra começar, 2 ex-prefeitos, os irmãos Oscar (Coordenação de Distritos) e Egon Birlem (Cultura), um ex-vice, arquiteto Beto Rocha (Planejamento), três ex-secretários,  administrador Adalberto Magrin (Administração), advogado e contador Laercio Carvalho dos Santos (Fazenda), professora Regina Witt Marques (Turismo e Indústria e Comercio), além de outros nomes experimentados nas demais áreas. Quer melhor começo do que esse, com gente que conhece os caminhos e que sabe onde estão os recursos, tanto materiais como humanos? O resultado é que esses primeiros 100 dias se passaram com céu de brigadeiro, com dificuldades mas com muita criatividade, considerando que esse periodo é o da “safra” aqui para o Litoral. Não se pode reinventar a roda, num sistema administrativo cercado de preceitos legais. E cada vez mais se torna perigoso ao homem publico administrar, pois seu patrimônio pessoal fica em xeque durante todo o período e qualquer deslize pode ser altamente preocupante. Vai daí a necessidade de auxiliares que não o surpreendam com medidas que possam lhe trazer sérios aborrecimentos no futuro. Sentiram o cutuco?


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.