Não feche negócio ainda! Vem aí novidade para sua casa própria!

Saúde Plena é saúde para todos

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Clique aqui para se inscrever no Vestibular Urcamp 2018

Liminar nacional paralisa atendimento de enfermeiros em atenção básica


Uma liminar expedida pelo juiz federal Renato Borelli, da 20ª Vara da Justiça Federal de Brasília, altera o cotidiano dos profissionais de enfermagem na atenção básica de saúde pública. De acordo com a decisão judicial, ficam suspensos parcialmente os efeitos da Portaria n.º 2.488 de 21 de Outubro de 2011, que permitiam aos enfermeiros requisitar consultas e exames diretamente nos serviços de Atenção Básica e revalidar receitas médicas. Conforme a decisão judicial, estas atividades de diagnóstico são exclusivamente dos profissionais da área médica, e não poderão mais ser feitas por enfermeiros.




A decisão afeta também a prestação de serviços de atenção básica em São Gabriel. Conforme a coordenadora de enfermagem da Secretaria Municipal da Saúde, Aline Schroeder, por conta da liminar, os enferimeiros estão impedidos de realizar procedimentos que demandem requisição médica,  como nas coletas de citopatológico – CP, testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C, e também os testes de gravidez (BHCG urinário). 


“Diante desta decisão, estamos seguindo a orientação dos nossos conselhos de classe, e avisando a população. Enquanto esta liminar perdurar, essa será a nova orientação de trabalho para a Enfermagem. Esperamos que a situação seja definitivamente solucionada para haver a devida segurança jurídica, tanto para o trabalho do médico quanto do enfermeiro na saúde básica”, ressaltou. 

Reportagem: Comunicação Social Prefeitura
Data: 17/10/2017 15h30
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: