noite do presidente banner

No limite: Prefeitura vai dar 30 dias para que PA 24 Horas melhore atendimento de saúde

Problemas do atendimento no PA 24 Horas levaram Prefeito a anunciar que se não melhorar, "tomará medidas radicais" que podem ser a municipalização do serviço (foto arquivo C7)
O principal ponto da coletiva concedida pelo Prefeito Rossano Gonçalves (PDT) na manhã desta quarta-feira (12) no Palácio Plácido de Castro, foi uma decisão de que ele dará um ponto final na situação do Pronto Atendimento 24 Horas, alvo de muitas reclamações nos últimos meses. Rossano sentenciou que, devido à longa espera da população por atendimento médico - que vai de 6 a 8 horas, dependendo da situação -, não aceitará mais isso e deu um prazo de 30 dias para que tudo se resolva ou "vai tomar uma medida radical", afirmou.



A medida radical pode ser assumir o comando do PA 24 Horas. Rossano disse que a Prefeitura investe R$ 100 mil no Pronto Atendimento, somente para pagar os médicos que atuam ali. Mesmo com o reforço de profissionais para o atendimento e a abertura das Unidades de Saúde do Brandão Júnior e CAIC das 18 às 22 horas (e brevemente a do Nosso Sonho), os problemas continuaram e pioraram.

Ele afirmou que "tem gente se escondendo no Plantão". "Estão nos dando um drible. Não admito ser enganado, não aceito que enganem a comunidade gabrielense. Aonde estamos investindo mais, sermos 'driblados' na calada da noite? Não aceito. Se a situação não melhorar em 30 dias, vamos tomar uma atitude radical, não importa o que tivermos que pagar", finalizou. O prazo foi dado, agora é esperar os desdobramentos. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 12/07/2017 17h10
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: