Saúde Plena é saúde para todos

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Festa de Natal EC Real

Anúncio vendas Incorporadora Beilfuss 1

Alunos e professores realizam mobilização local para impedir o fim do PIBID

Alunos e professores lotaram o plenário da Câmara de Vereadores para pedir apoio para impedir a interrupção do PIBID, prevista para fevereiro de 2018 por causa da troca para o chamado programa de residência pedagógica
Na manhã desta quarta-feira (6), estudantes e professores das Universidades Federal do Pampa (Unipampa) e da Região da Campanha (Urcamp) fizeram uma manifestação em prol da manutenção do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), que deverá sofrer mudanças em 2018, com a sua substituição pela chamada residência pedagógica, o que não está sendo aceito por professores e alunos. Uma audiência pública foi realizada na Câmara de Vereadores, pelos vereadores Vagner Aloy (Maninho, PSDB) e Claudiomiro Borges (PR), para debater o assunto que preocupa alunos e professores.



Grande número de estudantes das universidades e escolas atendidas pelo PIBID compareceu ao Legislativo na manhã desta quarta-feira

Maninho, que solicitou a audiência, lembrou da importância do programa para a formação pedagógica de professores e alunos
De acordo com uma das coordenadoras do programa em São Gabriel, professora Analía Garnero Del Valle, a interrupção do PIBID causaria prejuízos irreversíveis para o ensino público. "O Programa traz melhorias tanto para a formação dos professores quanto para a mudança da qualidade de Ensino, e as mudanças propostas pelo MEC (Ministério da Educação) restringiriam o número de alunos atendidos. Colocar um professor sem supervisão não é viável, como querem", afirmou.

Professora Analía Garnero lamenta decisão do Governo Federal e pediu apoio de parlamentares para reverter decisão

Francisco Gomes, da Urcamp, lembra importância do programa para a educação de alunos da rede pública

Alunas Ana Carolina e Gabriele leram manifesto externando os motivos da permanência do programa

No final, participantes formalizaram comissão e documento a ser enviado para Brasília, pedindo apoio para a manutenção do programa nos moldes atuais
Também se alega que o novo formato beneficiaria somente alunos que sejam bolsistas do Programa Universidade Para Todos (Prouni) quando o modelo atual permite que todos os universitários participem. As alunas Ana Carolina Gonçalves e Gabriele Glasenapp leram um manifesto que reivindica a permanência do programa. Uma audiência pública será realizada em Brasília nesta quinta-feira, 7 de dezembro.

Os vereadores Maninho e Claudiomiro sugeriram a formação de uma comissão entre professores, alunos e os dois vereadores, o que foi efetivada ao final, assim como encaminhar uma moção de apoio para a bancada gaúcha no Congresso Nacional, a fim de reverter a posição do Ministério. O PIBID, que vem sofrendo cortes nos últimos anos, atende quatro escolas na cidade atualmente - João Pedro Nunes e XV de Novembro (estaduais), João Goulart e Carlota (municipais).

MEC diz que mudanças melhorarão programa
A reportagem pesquisou sobre o que pode ocorrer e em informação veiculada pelo Ministério da Educação, o que ocorrerá é a implantação da chamada "residência pedagógica", onde estudantes de Pedagogia e licenciaturas poderão fazer o estádio a partir do 3º ano de graduação. Esta, segundo o Ministério, promete ter diferenciais como uma maior participação das secretarias de ensino nessa rede de formação de futuros professores e a aplicação de avaliações para coletar evidências sobre o programa.

Outra meta é aumentar o número de estudantes de Pedagogia ou licenciatura que efetivamente se tornam professores da Educação Básica. O molde atual, segundo o MEC, impediria que o estudante exerça características básicas da docência, como planejar e executar aulas, nem lidar com as dificuldades do ensino propriamente. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 06/12/2017 16h58
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: