Não feche negócio ainda! Vem aí novidade para sua casa própria!

Saúde Plena é saúde para todos

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Clique aqui para se inscrever no Vestibular Urcamp 2018

Corte de árvore gera polêmica nas redes sociais. Serviços Urbanos se manifesta

Paineira existia onde está banca, à esquerda da foto e corte gerou protestos nas redes sociais. Prefeitura informa por meio de seus representantes que corte seguiu todas as normais, autorizações e foi por motivos de segurança
Dentro da ações de corte e poda de árvores realizada no trecho da Avenida Júlio de Castilhos entre as ruas Maurício Cardoso e Barão do Cambaí, uma delas gerou discussão e polêmica nas redes sociais neste final de semana. O corte de uma paineira que existia na esquina com Barão do Cambaí causou comoção e contestações de vários gabrielenses no Facebook. A Secretaria de Serviços Urbanos se manifestou sobre o caso de forma oficial à reportagem do site.



Os que se manifestaram nas redes sociais, condenaram a remoção da paineira, até o ex-prefeito Roque Montagner, vizinho do local, se manifestou contrário. Segundo o informado pelo Secretário Paulo Sérgio Barros, as árvores foram removidas com a devida autorização e laudos emitidos pelo Departamento Municipal de Meio-Ambiente e que mais quinze árvores serão replantadas na cidade, inclusive no local onde foram removidas as árvores mortas.

A paisagista da Secretaria, Neiva Villanova, também se manifestou sobre a questão. Ela disse que as árvores que tinham problemas fitossanitários, como a infestação por erva-de-passarinho, tiveram esta remoção e poda para rebrotagem. No caso da paineira, esta teve várias justificativas para ser retirada, entre eles um pedido do Colégio Perpétuo Socorro por motivos de segurança.

"O porte dela estava tão grande que tu não tinha visibilidade das crianças que atravessavam à rua, bem como outros carros. Não se tirou a árvore por tirar, à toa. Além disso, os galhos já estavam caindo e com os recorrentes temporais que ocorriam, acidentes poderiam acontecer, se cair algum galho. Não é árvore para avenida, nunca foi", concluiu. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 19/08/2017 16h37 
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: