leilãosite

Polêmica: radialista diz que foi proibido de filmar sessões da Câmara

Cláudio Castro, que está à direita na foto, filmava sessões para veicular na internet quando teria sido proibido de fazer isso pela Presidência da Casa, na manhã desta quinta-feira
Uma polêmica surgiu nesta manhã informada pelo radialista Cláudio Castro, da TV São Gabriel e Rádio Web Popular. Segundo ele nos informou há instantes, o mesmo teria sido proibido pelo Presidente da Câmara de Vereadores, Claudiomiro Borges (PR) de gravar as sessões do Legislativo gabrielense, onde ele fazia isso para postar na internet para que a comunidade acompanhasse as sessões.

Cláudio lamentou o fato e disse que isso pode ser uma represália por que o mesmo defende o retorno das sessões para à noite, pois segundo ele o atual horário é inviável para a comunidade acompanhar o que é abordado nas mesmas. O fato aconteceu quando o Chefe de Gabinete o chamou e disse que ele estava proibido de filmar porque colocou um vídeo nas redes mostrando que só tinha os assessores nas sessões.

Castro lamentou decisão (foto arquivo pessoal)
"Fui proibido de filmar a sessão da Câmara dentro de instantes estarei colocando o vídeo em que o seu Chefe de gabinete me chamou e disse que o Presidente me proibiu de filmar só por que eu coloquei um vídeo nas redes sociais que só tinha assessores. A resposta que recebo é que não posso entrar na Câmara de Vereadores com o meu instrumento de trabalho. Poderia sim ter me chamado no gabinete dele e pedido um direito de resposta que eu iria publicar, é triste isso", lamentou. Entramos em contato com a presidência nesta tarde, mas já não havia mais ninguém na Câmara assim como com o assessor da presidência, Rodrigo Barcellos, para respostas sobre a questão, mas não obtivemos retorno telefônico, mas o espaço fica aberto para esclarecimentos.

O profissional sempre fez este trabalho, veiculando as sessões ao vivo na internet. A questão surgiu pelo questionamento feito pela mídia da mudança do horário das sessões para o meio-dia, o que anda dividindo opiniões na comunidade gabrielense. Mesmo assim, é um fato grave porque atenta a liberdade de imprensa em São Gabriel.

Veja vídeo com o pedido do assessor, feito por Castro:




Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 16/03/2017 15h00
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: