Anúncio Penha Culinária Campeira - CTG Plácido de Castro

auxiliar veterinário e zootecnia cartaz 2

Vestibular d einverno meia_pagina

Bodega Junina

São Gabriel participa da 27ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz

Delegação gabrielense esteve no evento na sexta-feira e conferiu vitrines tecnológicas e palestras mercadológicas durante o dia
Evento apresentou várias inovações e debateu futuro dos mercados durante o final de semana em Cachoeirinha

Durante o final de semana, a Estação Experimental do Arroz (EEA) do Instituto Riograndense do Arroz, em Cachoeirinha, recebeu centenas de visitantes para a 27ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz, que foi de quinta (16) até o sábado (18). Na sexta-feira, São Gabriel se fez presente com uma delegação coordenada pelo 1º Núcleo de Assistência Técnica e Extensão (NATE), que chegou pela manhã no local. Em torno de 30 pessoas - entre produtores, técnicos, acadêmicos da Universidade Federal do Pampa e demais setores - acompanharam a excursão que foi recebida pelo Presidente da Associação dos Arrozeiros de São Gabriel, Paulo Lederes.



Espaços trouxeram novidades no setor orizícola e técnicas para aumento de produtividade arrozeira
Vitrines tecnológicas
Durante o dia, os presentes puderam visitar as Vitrines Tecnológicas, espaços que difundiram informações para os orizicultores durante os três dias, com palestras demonstrativas no sistema de dia de campo, onde os produtores conferiram as novidades e as aplicações no plantio. Entre elas, o IRGA apresentou dois projetos de extensão, o Projeto 10 Mais, que é a continuidade do Projeto 10, que visa o aumento da produtividade média do arroz no Estado, com o objetivo de atingir até 12 mil quilos por hectare; e o Projeto Soja 6000, a experiência chegou a atingir uma média de 75 sacas por hectare, número maior do que até então era colhido nas áreas de várzea. O modelo atende, atualmente, 62 áreas plantadas. O Irga destaca ações como escolha de cultivares, épocas de semeadura, drenagem, plantabilidade, irrigação, adubo e calagem.

Nas vitrines, participaram ainda a Embrapa, que apresentou novas cultivares como a BRS 358, voltada a culinária japonesa, além da BRS A701 CL, voltada para o sistema clearfield no Rio Grande do Sul. Participaram das vitrines tecnológicas Basf, Bayer, Delta Plastics, Dow Agrosciences, DuPont, Embrapa, Fertiláqua, FMC, Ihara, Irga, Mosaic, Pioneer, RiceTec, Sementes Condessa, Super N, Syngenta e UPL. As novidades deste ano foram a Tovese Corretora de Seguros, que terá um espaço na parte das vitrines, e a Fundação Espaço Eco, instituição voltada à sustentabilidade, as quais farão apresentações sobre dois importantes temas do momento: seguro rural e meio ambiente respectivamente.

Palestras realizadas no auditório da Estação trouxeram temas sobre o mercado de arroz na atualidade
Painéis com muitos temas de interesse do produtor
Os produtores ainda acompanharam as palestras do Painel Mercadológico, que ocorreu no auditório da Estação Experimental e teve um bom público. Entre os temas, o desenvolvimento do processo de gestão nas propriedades, a situação do mercado internacional de arroz e a estagnação do mercado de alimentos - devido à recessão nos anos de 2015 e 2016.

O consultor e pesquisador do mercado de Foodservice, Sérgio Molinari, afirmou durante palestra no Fórum Mercadológico da vigésima sétima Abertura Oficial da Colheita do Arroz, nesta sexta-feira, 17 de fevereiro, afirma que neste ano existe margem para a retomada do crescimento, embora não muito significativo. Segundo o consultor, para este ano, a previsão é de um crescimento entre 1,5% e 3%. Molinari aposta na diversificação de produtos quando se refere à cadeia do arroz. "O país é o quinto mercado do mundo em FoodService, ou seja, alimentação fora de casa. O almoço e o lanche são os dois principais itens de procura", garantiu.

Show "New Holland em Campo" fechou o dia de sexta na Abertura Oficial da Colheita, com apresentação dos produtos da marca
À noite, a New Holland realizou o show "New Holland em Campo", com uma apresentação teatral dos produtos da marca, na Arena da empresa, montada na parte de dinâmica. O Núcleo local do IRGA, por meio da técnica Débora Mostardeiro, agradeceu a presença de todos que participaram da excursão. O IRGA deverá realizar seu Dia de Campo Municipal em 2 de março, com programação a ser confirmada. O evento foi encerrado com a abertura oficial da colheita, na manhã de sábado. A 28ª edição ocorrerá novamente no local em 2018.

Confira as fotos do que aconteceu por lá em Cachoeirinha, acompanhado exclusivamente pelo Caderno7:


Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 19/02/2017 18h20 
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: