Saúde Plena é saúde para todos

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Festa de Natal EC Real

Anúncio vendas Incorporadora Beilfuss 1

Rossano é condenado no "Caso Iteai" e vai recorrer à Justiça

Após conseguir absolvição e manutenção dos direitos políticos no julgamento da 4ª Turma da Justiça Federal, o Prefeito Rossano Dotto Gonçalves (foto) "terá de pelear" novamente nos tribunais. Em processo que tramitava desde 2005 na Comarca de São Gabriel por parte do Ministério Público do RS contra o Prefeito e demais pessoas, por improbidade administrativa, Rossano foi condenado pelo Juiz de Direito Tiago Tweedie Luiz a pagar indenização e à perda de direitos políticos. Ele antecipou que irá recorrer ao Tribunal de Justiça do Estado.



O processo versa sobre a CPI dos Computadores, liderada pela então vereadora Sandra Xarão, que estava no PDT na época e tinha migrado para o PT. A CPI investigou um contrato firmado entre a Prefeitura e o Instituto de Tecnologia Aplicada à Informação (ITEAI). À época, uma das acusações foi de superfaturamento. Foram investidos em torno de R$ 450 mil para a compra de 100 computadores, 100 mesas para micro e 10 para impressoras.


Na sentença dada pelo Juiz Tiago Luiz no dia 2 de fevereiro, ele impôs à Rossano o pagamento de indenizações por danos que teriam sido causados nos valores de R$ 96.956,00 e R$ 181,50, pagamento de multa civil, perda de função pública exercida e suspensão dos direitos políticos por 6 anos. Rossano irá recorrer da decisão por meio de seu advogado, Paulo Gilberto Hoher e disse que "está com a consciência tranquila".

Adversários políticos, especialmente petistas, comemoraram a decisão. O vereador Felipe Abib, do partido, saudou a ex-vereadora Sandra por ter iniciado a CPI que resultou nesta condenação em primeira instância, que cabe recurso. Mais uma batalha jurídica a ser enfrentada pelo atual Prefeito de São Gabriel.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 16/02/2017 10h27 
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: