10-11 Penha de Aniversário CTG Caiboaté - Chiquito e Bordoneio

Festa Night Out - 10 de novembro

Banner Caderno7 - Prêmio Press 2017

Saúde Plena é saúde para todos

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Clique aqui para se inscrever no Vestibular Urcamp 2018

Briga generalizada deixa vários feridos e vira assunto nas redes sociais

Assunto nas redes sociais desde a tarde de ontem, uma briga deu o que falar e gerou várias versões e discussões sobre o ocorrido. Conseguimos a ocorrência completa da questão, que teria sido motivada por provocações e rixas pessoais e aconteceu por volta das 16h30 na Rua General Mallet, próximo da Brenner Loterias, envolvendo o ex-vereador Artur Goularte (Tuca), os irmãos Eduardo e Guilherme Nascimento Abib e o cunhado de Tuca, Sildo Cabreira, além de várias pessoas, em uma briga generalizada.


Os fatos aqui relatados estão na ocorrência registrada por todos os envolvidos na Delegacia de Polícia local e fornecida à redação pela Polícia Civil. Segundo as informações, o fato começou em uma troca de provocações entre Guilherme Abib e Artur Goularte, dando início a esta briga.

Aí, são várias versões, todas registradas na Delegacia. Segundo registro policial feito por Sildo Cabreira, eles estavam com um grupo de amigos na esquina da Coronel Soares com General Mallet, quando Guilherme e Eduardo Abib vieram em direção ao grupo fazendo provocações para Tuca, dando início a briga. Ele informou que um grupo seu foi apartar a briga quando Eduardo teria quebrado um copo de vidro no rosto do cunhado, causando um ferimento profundo em seu rosto. Sildo ainda declarou ter sido atingido com um soco no olho, ao socorrer Goularte e que a briga levou tempo para ser apartada.

A versão dos irmãos Abib, conforme ocorrência, é de que eles foram para cima do grupo para responder provocações que teriam sido feitas por Tuca. Guilherme relata que estacionou seu carro nas proximidades da Rua Laurindo e estava com Eduardo onde iria assistir o desfile, quando teria vindo para cima do grupo para tirar satisfações após provocações que teriam acontecido e que "Tuca já chegou batendo e os outros vieram atrás", disse, e que ele teria desferido o primeiro soco após gritar com ele e tentaram se defender das agressões. Inclusive, ele gravou um vídeo no Facebook para contar a sua versão do fato.

Em complemento ao relatado por Guilherme, Eduardo relatou que ele e o seu irmão chegavam para ver o desfile e quando cruzavam a Rua General Mallet, foram "intimados pelo Tuca (...) e mais vários indivíduos, em torno de dez e começou a briga (...) na defesa do irmão teve lesões e a roupa rasgada pelos agressores..." diz em trecho da ocorrência, que foi defender o irmão e foi agredido, afirma. Ele também publicou postagem no Facebook para relatar o caso. Ambos estiveram com familiares para registrar ocorrência na Delegacia.

A briga teve vários feridos, entre eles Tuca, que sofreu um ferimento grave no rosto e precisou ser levado à Santa Casa para intervenção cirúrgica, segundo informações. A Brigada Militar precisou intervir para acalmar os ânimos, no PA 24h. Tuca ainda não foi ouvido, o que deverá ocorrer após ele estar em condições médicas devido aos ferimentos. O delegado José Bastos está investigando o caso para apurar responsabilidades. Todas as informações foram divulgadas pela Polícia Civil e trazemos aqui de forma fidedigna, devido aos acirramentos e as várias versões do fato. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 21/09/2016 11h07
Contato: (55) 3232-3766 / 96045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: