10-11 Penha de Aniversário CTG Caiboaté - Chiquito e Bordoneio

Festa Night Out - 10 de novembro

Banner Caderno7 - Prêmio Press 2017

Saúde Plena é saúde para todos

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Clique aqui para se inscrever no Vestibular Urcamp 2018

Feministas protestam nas ruas de São Gabriel contra "cultura do estupro"

Protesto de coletivo feminista contra a violência sexual aconteceu no final da tarde desta quarta em São Gabriel
Um coletivo feminista realizou um protesto no final da tarde desta quarta-feira (1º) em São Gabriel. O Coletivo Feminista Guapas, criado dentro da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) fez a caminhada contra a "cultura do estupro" pelas ruas do Centro da cidade, da Sede da instituição até a Praça Dr. Fernando Abbott, protestando contra a violência sexual sobre a mulher. Cerca de 200 pessoas participaram do ato, que protestou também de forma subliminar contra o Governo de Michel Temer, acusado de acabar com políticas para mulheres.


O coletivo lembrou em gritos, sobre os casos de estupro no Brasil, onde segundo estatísticas das Nações Unidas, uma mulher é estuprada ou violentada sexualmente a cada onze minutos no País. Também foi lembrado o fato do estupro coletivo de 33 homens contra uma jovem de 16 anos - que ainda causa controvérsias no Brasil e divide opiniões.


Cartazes com frases e manifestações foram expostos durante o protesto
Além das jovens, participaram da caminhada alguns integrantes do Governo Municipal. Foram avistados na manifestação o ex-Secretário de Obras Felipe Abib, os Secretários Patrícia Pozatti (Gestão e Relações Comunitárias) e Lilian Martins (Assistência Social), entre outros.

As integrantes do Guapas informaram que o Coletivo foi fundado não só para acadêmicas da Unipampa, mas para a comunidade gabrielense, no apoio à vítimas de violência e garantia de direitos. O nome homenageia a uruguaia Maria Isabel Hornos (Guapa), onde segundo elas, foi morta por ordem da mulher de um de seus amantes, que para elas, "também é vítima do machismo". A questão suscitou algumas discussões nas redes sociais - em algumas opiniões vistas na rede no contraponto, Guapa, que é considerada a "santa do povo", jamais foi feminista.

Confira algumas imagens da manifestação e vídeos:









Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 01/06/2016 19h30 
Contato: (55) 3232-3766 / 96045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: