Saúde Plena é saúde para todos

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Festa de Natal EC Real

Anúncio vendas Incorporadora Beilfuss 1

Em jogo heróico, São Gabriel vence e se mantém vivo na Divisão de Acesso

São Gabriel lutou até o final e conseguiu a vitória sobre o Guarani de Venâncio, mantendo vivas as chances de classificação para a fase final da Divisão de Acesso, nesta quinta em casa
Com a derrota do Pelotas na noite anterior, o Esporte Clube São Gabriel "ressuscitou" no Pentagonal da Divisão de Acesso e ganhou novo ânimo. E ele se renovou ainda mais com uma vitória épica sobre o Guarani de Venâncio Aires. Com uma nova atitude, o time conseguiu superar o rubro-negro da Terra do Chimarrão por 2 a 1 na tarde desta quinta-feira (26) e se mantém vivo na disputa da última vaga para a fase final da competição.


Jogo foi truncado, com momentos de superação da forte marcação rubro-negra
Com o elenco reduzido, o São Gabriel era outro time e começou buscando o gol do Guarani desde o começo. Uma vitória deixaria o tricolor novamente na briga, a dois pontos do vice-líder Pelotas, que tinha perdido para o Brasil de Farroupilha por 1 a 0. O Sanga ganhava velocidade com os contrataques de Felipe Tchelé, que municiava o ataque o tempo todo. A insistência foi tanta que aos 30 minutos, Flávio Torres recebeu de Tchelé e mandou uma bomba para o canto direito do goleiro Eduardo: 1 a 0.

Porém, foi o momento do Guarani atacar e fazer o São Gabriel sentir pressão. Aos 37 minutos, também na insistência, Pimenta cruzou para o veterano Alê Menezes marcar de cabeça o empate do Guarani, batendo na trave e parando dentro do gol de Fernando: 1 a 1. Mesmo com o revés, Fernando, que tinha sido titular na primeira fase contra o Inter-SM, foi seguro em todas as vezes no gol.

Na segunda etapa, São Gabriel pressionou em busca da virada...

...que veio aos 43 minutos, com o gol salvador de Flávio Torres, que marcou os dois do time na partida
Na segunda etapa, o São Gabriel ampliou a pressão em busca de um gol salvador, brigando tanto contra a marcação cerrada do Guarani como do apito do árbitro Heleno Todeschini. E quando a situação estava complicada, mais uma vez a estrela do artilheiro brilhou. Rogério lançou para Flávio Torres e só coube tocar para o canto de Eduardo: 2 a 1, para delírio dos torcedores de fé presentes ao Estádio Municipal. A atuação desastrosa do árbitro foi encerrada com um pênalti não marcado sobre Felipe Tchelé no final da partida. Mas ficou assim, 2 a 1 e a volta à esperança de classificação para a final da Divisão de Acesso.

Agora, o próximo compromisso será no domingo, às 15 horas, contra o líder e já classificado Brasil de Farroupilha, também no Estádio Municipal. Uma vitória combinada com um empate do Pelotas com o Avenida fará com que a vaga seja decidida na última rodada e mais do que nunca, é preciso que o torcedor apoie o time, independente dos fatos ocorridos anteriormente. O São Gabriel está vivo e vai lutar até o fim!

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 26/05/2016 17h41 
Contato: (55) 3232-3766 / 96045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: