12 de outubro, inaugura o novo Esquina+

10-11 Penha de Aniversário CTG Caiboaté - Chiquito e Bordoneio

Banner Caderno7 - Prêmio Press 2017

Saúde Plena site

festival de cerveja artesanal - site

Produtores pedem socorro para as estradas de São Gabriel

Impacientes com a inércia da Prefeitura, produtores foram cobrar providências para que se tome uma ação para reparar as estradas do interior
“Há três anos e meio que um maquinário não chega na minha estrada”, “a ponte do Passo da Cruz está quebrada desde dezembro e o material está se estragando”, “o fato é que as estradas estão intransitáveis e precisamos de soluções urgente para escoar a safra”, “é impossível fazer a linha de ônibus, pois tem um caminhão virado na estrada e estas estão intransitáveis” foram as principais afirmações durante a reunião realizada entre os produtores rurais e o Executivo.


A reunião aconteceu nesta segunda-feira às 11h no salão nobre da prefeitura e foi proposta pelo produtor e presidente da Associação de Moradores das localidades da Vista Alegre e Santo Antônio Ari Barbosa Langendorf. A reunião foi agendada pelo Vereador Valdomiro Lima, Chiquinho e contou com a participação também dos vereadores Claudiomiro Borges da Silveira, Marcos MEC e Adão Santana representando o Legislativo. Também se fizeram presentes o Presidente da Associação dos Arrozeiros e vice-presidente do Sindicato Rural Paulo Lederes, do Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Zeferino Barbosa, do Presidente da Associação de Moradores de Caiboaté Grande e Arvoredo, motoristas dos ônibus que fazem as linhas nos subdistritos do Tiaraju, além de produtores rurais daquela região e do Batovi.

A sugestão de Paulo Lederes é um melhor aproveitamento das patrolas no trabalho com a realização de dois turnos pela urgência da solução, mas a maioria dos produtores afirmaram que o problema até então é apenas gestão, pois a maioria dos pontos críticos seriam solucionados com uma retroescavadeira e uma caçamba, tanto que segundo um dos moradores da região do Pau Fincado o maquinário ficou 15 dias na localidade para recuperar apenas 1.500 metros de estrada. Um dos produtores da região ressaltou que o maior problema é drenagem, que seria facilmente resolvido com escoamento, segundo ele basta uma retro e uma caçamba para a solução, “hoje problemas que poderiam ser solucionados desta maneira, se tornaram verdadeiras lagoas nas estradas e que em breve estarão recebendo placas de proibido pescar. Praticamente todos os produtores da região se manifestaram reclamando das péssimas e inviáveis condições das estradas e os motoristas disseram que só conseguem chegar a cidade porque os passageiros empurram os ônibus, quando podem fazer a linha e que as vezes as pessoas perdem compromissos pela falta de estradas.

Paulo Lederes disse que coloca à disposição o maquinário de sua propriedade para auxiliar na recuperação destes pontos críticos, porque os produtores precisam das estradas e disse acreditar que todos os produtores estão dispostos a colaborar.

Zeferino Barbosa disse que os produtores querem uma solução concreta para o problema que vem se arrastando. Na sua manifestação o Prefeito disse que a Secretaria de Transportes com apoio da Secretaria de Agricultura está montando duas equipes, uma para atender a região sul e outra para atender a região norte e uma terceira para pontos emergenciais. E que serão chamados os operadores de máquinas pesadas aprovados no concurso para aumentar os turnos de trabalho do maquinário. Acrescentou que está sendo aguardado um aporte financeiro de Brasília para melhorar a logística da secretaria e resolver os problemas. Segundo o chefe do Executivo a gravidade da situação das estradas é de conhecimento do Executivo, mas que as soluções estão sendo encaminhadas, para isso a parceria e apoio dos produtores é fundamental.

Reportagem: João Pedro Lemos 
Data: 11/04/2016 21h34 
Contato: (55) 3232-3766 / 96045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: