Acompanhe nossa cobertura na Expointer 2017

03-09 Jantar-baile Os Monarcas - CTG Querência Xucra

Anúncio Domingueira Farroupilha - CTG Plácido de Castro

Festejos Farroupilhas de São Gabriel - Clique aqui para ver a programação

Os desafios de Miguel Kodayssi à frente da OAB gabrielense

Desde o dia 30 de dezembro, a Subseção local da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de São Gabriel está sob nova direção. Eleito no final do último ano, o advogado Miguel Neme Kodayssi (foto) agora é quem tem a missão de congregar a classe advocatícia na Terra dos Marechais. Kodayssi destacou em entrevista ao Caderno7 as metas para sua gestão, que continuará tendo parcerias a nível estadual e também federal, além de buscar o atendimento dos pleitos da advocacia e da comunidade gabrielense. "O principal é dar continuidade ao trabalho realizado pelo Solano (Costa, seu antecessor e agora Conselheiro Estadual) e seguir estruturando a OAB, proporcionando condições dignas de trabalho para os advogados e também para o atendimento dos anseios da comunidade", explicou.


Parcerias continuarão
Vice durante seis anos e eleito presidente em chapa única, Miguel Kodayssi destaca a responsabilidade de seguir a caminhada feita por Solano. A melhor estruturação da Subseção é uma das principais metas; mas também sabe da questão que aflige o Judiciário Estadual que é a falta de servidores, originando o acúmulo e a lentidão nos processos judiciais. O novo presidente destaca a continuidade da parceria com a OAB a nível estadual e federal. "Agora temos um Conselheiro Estadual que é o Solano, assim como conversamos com o Presidente Breier (Ricardo Breier, novo presidente da Seccional) e seguimos com um Conselheiro Federal, o Dr. Renato Figueira e o futuro presidente, Cláudio Lamachia, que é nosso parceiro há tempos e sem dúvida serão essenciais nos projetos de estruturação da Subseção", afirmou. A afinação da Subseção local com os dirigentes vem desde que Cláudio Lamachia estreitou laços com a gestão de Solano Costa e deverá continuar com seus sucessores.

Falta de servidores dificulta andamento de processos
As dificuldades também foram abordadas pelo presidente. "O maior problema atualmente é a falta de servidores e de juízes - por muitas vezes, porque não há remoções para o interior e no caso dos magistrados, que até vêm para cá mas pedem transferência em seguida para grandes centros - o que afeta o andamento dos processos judiciais. "Por conta disso, os processos não estão andando como deveriam ser e acabam se acumulando na Comarca, assim como notas de expediente e despachos demoram a progredir. Os advogados e a população acabam carecendo de um serviço de qualidade", afirmou. Recentemente, um novo magistrado foi solicitado para a 2ª Vara Cível, mas que ainda batalhará por mais servidores para a Comarca local.

Segue luta por Justiça Federal em São Gabriel
Sobre um antigo pleito da Subseção que é a busca de uma Vara da Justiça Federal ou um posto avançado para São Gabriel, Kodayssi disse que as tratativas serão retomadas. "À época, o presidente do Tribunal Federal, Desembargador Wilson Darós, foi simpático à ideia. Porém, durante os trâmites para este pedido, houve mudança na direção do Tribunal e os presidentes que se seguiram não eram tão acessíveis. Mas retomaremos a solicitação por um posto avançado, com dois ou três funcionários, o que seria um bom caminho andado", disse. 

Casa do Advogado
Em relação à Casa do Advogado, Kodayssi informa que uma reunião foi realizada com o novo presidente Seccional em dezembro, juntamente com o Vice-presidente, Thiago de Abreu e o Conselheiro Solano. A Casa tardou suas construções em virtude do reajuste de preços que obrigaram uma readequação dos custos da obra. "Expusemos nossa preocupação com o presidente Breier, que nos explicou esta necessidade de readequação do orçamento, por conta de reajuste dos valores de materiais e outros serviços, mas a obra deverá ser iniciada em breve", garantiu. Um engenheiro da OAB deverá estar vindo à São Gabriel em breve, onde irá vistoriar o local e encaminhar as autorizações. A Seccional se comprometeu a iniciar as obras até o final do primeiro trimestre, e assim, levando de 9 a 12 meses. 

Metas
Kodayssi salientou que a Subseção continuará melhorando a estrutura oferecida aos advogados. "Possuímos uma excelente estrutura e vamos continuar desfrutando dela no Fórum. É considerada uma das melhores do interior do Estado, temos um ótimo quadro de funcionários, estrutura de atendimento e pretendemos melhorar dentro do que viemos realizando. Também queremos dar andamento aos processos éticos, para que a classe desenvolva sua função de forma mais correta, além de criar condições para que os advogados possam trabalhar", informando que fará reuniões com os magistrados a respeito disso. "Queremos ajudar para que os processos possam ser mais ágeis. Sabemos que não é um problema exclusivo de São Gabriel, mas de todo o Estado". 

O presidente finaliza agradecendo à classe por ter confiado em seu nome para conduzir os destinos da Subseção e que estarão bem representados. "É uma responsabilidade grande conduzir a categoria, queremos tranquilizar os colegas para que confiem em nosso trabalho e esforços para buscar o atendimento dos pleitos e necessidades", concluiu.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: XX/XX/20XX XXhXX 
Contato: (55) 3232-3766 / 96045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
1 Comentário(s)

Um comentário:

Solano Costa disse...

Com toda certeza o dr. Miguel Neme Kodayssi e sua Diretoria e Conselheiros Subseccionais farão uma grande gestão. desejo a eles todo o Sucesso e ampliação das conquistas.
Augusto Solano Lopes Costa