10-11 Penha de Aniversário CTG Caiboaté - Chiquito e Bordoneio

Festa Night Out - 10 de novembro

Banner Caderno7 - Prêmio Press 2017

Saúde Plena é saúde para todos

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Clique aqui para se inscrever no Vestibular Urcamp 2018

O Brasil de dezembro

José Luiz Bicca Heineck
Colunista do blog

A "foto" de hoje é confusa. Novas correntes surgindo a cada momento. Temos o Eduardo Cunha contra a Dilma, o Renan contra o Temer, o PMDB da Câmara quase contra o Cunha, o Aécio contra o Temer, o PMDB dos cariocas a favor de Dilma, o Haddad apagado e sumido, o TSE montando processo contra Dilma, as pedaladas em alguma  gaveta do Senado, o Lula já depondo como informante na Polícia Federal, o Delcídio abandonado num quartel, o Levy já fora ( não deveria ter entrado), o novo ministro Edinho querendo trazer programa não aceito do Levy, a bolsa sempre esperando qualquer meia dúzia de mentiras para subir ou descer, dois graus de investimento já tirados, a caminho célere para perdermos o terceiro, um orçamento aprovado com falta de 30 ou 40 bilhões, um gênio querendo pagar todas as pedaladas de uma só vez (50 bilhões), um Macri que não quer saber do modelo de governo brasileiro atual, um Obama que quer terminar com o EI em um ano (coisa para 300 anos), um Sartori que culpa os anteriores mas compromete os próximos (adiantamento da GM por 15 anos), uma CBF e uma Fifa completamente corruptas, um desemprego  que vai em busca de um número perto de 2 milhões de brasileiros, uma venda comercial  geral na base de negativos 25%, um El Niño que vai trazer forte prejuízo a produção primária, coisa de bilhões, um povo desconfiado, já quase desesperançado por falta de organização, educação, segurança, saúde , juros no patamar de mais altos do mundo, crédito restrito para qualquer atividade, corrupção campeando solta pelos quatro cantos do país. O que fazer diante deste verdadeiro caos nacional? Simples: colocar as pessoas certas nos lugares certos. E quem são as pessoas certas? Os brasileiros que tem responsabilidade sobre suas vidas, que cuidam de suas famílias, de suas finanças, de seu trabalho. Este brasileiro mais qualificado ou menos qualificado, quando assumir seu cargo público ou privado, vai saber que está ali cumprindo com seu dever de cidadão. Vai trabalhar, fazer o melhor que for possível, dedicar-se com total empenho, em troca de resultados deste seu esforço e em troca de seu salário. Quem tem boa educação, boa formação, critérios bem claros, bom senso, objetividade, tirocínio, capacidade de se envolver com sua comunidade, vai trabalhar com coerência.  Ou saímos por este lado ou a "foto" vai ficar um pouco mais feia, a cada momento.

A todos votos sinceros de Feliz Natal e Próspero Ano Novo.


Data: 22/12/2015 09h55
Contato: (55) 3232-3766 / 96045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: