Acompanhe nossa cobertura na Expointer 2017

03-09 Jantar-baile Os Monarcas - CTG Querência Xucra

Anúncio Domingueira Farroupilha - CTG Plácido de Castro

Festejos Farroupilhas de São Gabriel - Clique aqui para ver a programação

Mais uma perda: morre o ex-prefeito e ex-deputado Erasmo Chiappetta

Erasmo Chiappetta faleceu neste sábado, aos 72 anos (foto arquivo C7)
Mais uma perda entristece a comunidade gabrielense. Morreu na tarde deste sábado (12) o ex-prefeito e ex-deputado estadual Erasmo José Dias Chiappetta, aos 72 anos. Chiappetta estava hospitalizado em tratamento de saúde em Porto Alegre, onde inclusive tinha se submetido a uma delicada cirurgia. A notícia pegou muitos de surpresa, principalmente pela importância política que o líder trabalhista representava.


Erasmo Chiappetta, nascido em 2 de junho de 1943, foi prefeito de São Gabriel de 1973 a 1976 onde realizou várias obras de desenvolvimento na comunidade - entre elas, o Ginásio Plácido de Castro (Chiappettão), construção de escolas e estradas, a pavimentação asfáltica das ruas da cidade, entre outros - e logo após, deputado estadual pelo município de 1979 a 1982, pelo MDB. Durante o mandato parlamentar, uma das principais bandeiras de Chiappetta foi a exploração do xisto como fonte energética, o que se comprovou nos atuais tempos. Ele inclusive propôs a criação de uma comissão para debater o tema.

Foi um dos primeiros a integrar o PDT quando de sua fundação e concorreu a Prefeito novamente em 1982, 1988 e 1992, não logrando êxito. Também foi presidente da CORLAC. Após tempo afastado da política, voltou à cena quando foi Chefe de Gabinete na gestão de Rossano Gonçalves. Após rompimento com Rossano, ele apoiou a candidatura de Balbo Teixeira em 2004, sendo Chefe de Gabinete de sua gestão. Retomaria os laços com o trabalhismo na eleição de 2008, quando apoiou Rossano, estando no PSB. Foi Secretário Municipal de Agricultura e durante esta gestão, ingressou no PTB.

Chiappetta foi inspiração de muitos que ingressaram na política e era considerado referência, tanto pela sabedoria como pela liderança que exerceu durante sua vida. Produtor rural, deixa a esposa Maria Cândida e os filhos Erasmo Filho, Ana Cândida e Giuseppe. Coincidentemente, ele faleceu em um dia que é o número do partido em que ele fez parte a maior parte de sua vida - 12, que é o número do PDT.

À família, nossos mais sinceros sentimentos pela perda deste grande líder político.

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: