Caderno7 na Expointer - banner redes sociais

03-09 Jantar-baile Os Monarcas - CTG Querência Xucra

Câmara de Porto Alegre pode eleger na presidência vereador cassado pela Justiça

Cássio Trogildo concorrerá à presidência da Câmara da capital, mas pode ter mandato cassado pelo TSE (foto divulgação)
Porto Alegre - A Câmara de Vereadores da capital deverá realizar a eleição da nova presidência na segunda-feira, 7 de dezembro e um problema pode ocorrer. O candidato único até o momento, vereador Cássio Trogildo (PTB), está com o mandato por um fio. Ele foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas está com recurso que garante a continuidade do mandato até o final da ação. A questão foi levantada pelo jornalista José Luiz Prévidi, em seu blog.


Trogildo foi indicado pelo PTB portoalegrense para ocupar o cargo em 2016. A questão gera polêmica porque o vereador poderia perder o cargo até o momento. A cassação foi determinada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS) por conta de abuso de poder político e econômico, quando ele era titular da Secretaria de Obras da Capital. O Ministério Público o acusou de usar a estrutura da Secretaria para "prestar serviços asfálticos e de iluminação em desacordo com a lei para angariar votos".

Em nota oficial divulgada na sua página oficial do Facebook, Trogildo diz que ingressou com reclamação junto ao TSE para que se garanta seu mandato até o fim da ação, que está com recurso para impedir a perda. Em caso de revés, o vereador Guilherme Socias Villela (PP), que deverá ficar com o posto de 1º Vice-presidente, assumiria a vaga. 

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: