CLIQUE AQUI PARA VER O SITE ESPECIAL DE FINAL DE ANO

Banner anúncio show Tradição em São Gabriel



Big Max SupermercadosLojas Pop - São GabrielAna Paula Ross - Cirurgiã-dentistaCauzzo Assistencial São GabrielToque Gourmet & FestasDr. Diego Machado Langbecker - Cirurgião-dentista

Qualidade da água: São Gabriel Saneamento faz monitoramento constante

Água é aferida tanto na estação quanto nas torneiras, em um controle permanente de qualidade

A Estação de Tratamento da Água (ETA) tem capacidade de captar até 18 milhões de litros d’água todos os dias. Todo esse volume de água, que abastece a cidade inteira pela rede de distribuição passa por um criterioso processo de tratamento, que é monitorado por testes a cada hora.



Controle é feito desde a Estação de Tratamento de Água, na Vila Maria...
A primeira dosagem química é logo na chegada da água bruta na Estação. Neste estágio são realizados diversos testes que indicam qual a necessidade de aplicação dos produtos no momento.  Depois disso é feita a floculação, decantação, filtração, pós-cloração e fluoretação.  Esse tratamento é realizado pelo Químico Industrial, Etiel Pereira, que garante quea água chegue até os reservatórios e rede de distribuição com o nível de potabilidade adequado.

Testes direto das torneiras são realizados em toda a cidade
... e segue em toda a cidade
Embora a água saia da Estação de tratamento atendendo os padrões estabelecidos pela legislação, a São Gabriel Saneamento tem o cuidado de verificar como a água chega nas casas dos gabrielenses. Além de coleta de água em todos os reservatórios, é realizado testes com amostras retiradas direto de torneiras em imóveis que ficam localizados nos finais de rede, onde a  água chega depois de ter passado por toda a tubulação.

Logo após a coleta, o Químico realiza o teste de cloração no local, pois conforme afirma, o cloro é uma substância com alta volatilidade, sendo necessário que o teste seja realizado imediamentente após a coleta. Os demais testes físicos, químicos e bacteriológicos são realizados na ETA, com os resultados concluídos em até 48 horas, garante. “Até agora não houve nada fora dos padrões, mas se um dia houver, vamos fazer a recoleta, novos testes e encaminhar a equipe de manutenção para averiguar se existe algum ponto de vazamento ou alguma anormalidade”, conclui.

Morador do bairro Passo da Lagoa, o comerciante Vagner Adriano Pereira, 26 anos, recebe a visita da equipe pela primeira vez, e embora seja um dos moradores de final de rede, diz que nunca soube deste tipo de controle de qualidade e se surpreende. "Nunca tinha visto esse tipo de coleta. É importante que seja feita porque é a água que a população vai tomar. Importante para a saúde", afirmou.

O bacharel em direito, Juliano Nunes Guedes, 25 anos, também diz que nunca haviam sido feitos testes como este em sua casa e elogia a iniciativa da empresa, ressaltando a importância do serviço. "Isso não tem como ver a olho nu, mas saber que está sendo feito um controle deixa a gente mais seguro para consumir. Além de pagar menos, temos água de melhor qualidade", frisa.

A água com coloração mais esbranquiçada  nas primeiras utilizações diárias, constatadas por alguns clientes, não representam qualquer risco à saúde, afirma o Químico. “Essa coloração pode ser apenas conseqüência da pressão na tubulação de rede, que aumenta durante a noite pelo baixo consumo. “Porém, se o consumidor ficar receoso com a utilização desta água, pode deixá-la em descanso que a cor volta ao normal”, completa.


Nenhum comentário: